sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Pronta pra voar.

Sabe aqueles dias em que se acorda no horário, e as coisas se encaixam, e tudo vai dando certo até a meia-noite chegar? Era esse o dia dela. Incrível dizer que ela só não teve mais sorte porque era uma quinta-feira pré sexta-feira 13? Mas é!
Se sentiu viva e feliz, elogios não a faltaram, durante todo o dia, a cada minuto era um recado-carinho, um olhar-felicidade. Era tudo para ela. E nem era seu aniversário, mas era o dia dela. Como mais explicar?
Ela não se sentia assim desde o dia em que ganhou a boneca mais desengonçada que já viu, mas que, aos 5 anos de idade, lhe pareçou a coisa mais bela que alguém podia ter inventado e concretizado.
Ela, tão sensível e tão adorável, ainda não tinha pronunciado a frase "eu te amo" e já eram quase 22h. Acreditem, era algo impossível, ela expressava a todo momento o que sentia pelas pessoas ao seu redor, não deixava se calar nem mesmo um "se" para não se sentir arrependida ao deitar para dormir. Claro, ela cheirava a flores, de todos os tipos... Ela exalava flor: nos olhos, nas mãos e no andar.
Descrevê-la nunca era uma coisa simples, a complexidade de seus sentimentos por tudo que havia de belo deixava qualquer um sem palavras ou conceitos. Ela fugia à regra.
E já eram 23h, o telefone toca, é ele, serenamente. Papos aos ares, quase 1 hora de palavras-afago e risos abafados pelo telefone e pelo horário. Já eram 23:59h, hora de desligar, e foi ai... Ai o "eu te amo" saiu, sem querer, ela nem percebeu, já parecia coisa óbvia e normal.
E foi dormir asim: pronta pra alçar um vôo pela madrugada dos sonhos.

5 comentários:

Cinthia Belonia disse...

Muito bacana, e tinha tempo que não lia algo tão descontraído e divertido como vc.

:)

kitsune disse...

na maior parte das vezes, as palavras mais simples compartilham o sentimento mais profundo.

muito bom mesmo, carol!

Priscila Milanez disse...

Que bonito, Carol. "Eu te amo", verso que custa caro pra sair da boca. Talvez por isso, as pessoas quase nunca a dizem. Medo de pagar uma conta muito alta depois. No seu caso é a de telefone que vai sair cara.Ou a de quem estava do outro lado da lina, na verdade. rsrs
beijos

Sarah Vervloet. disse...

Menina!
Que blog gostoso, de olhar, ler, ouvir... delícia. Coloquei você na lista novamente.

Beijo beijo.

Elô disse...

Menina ameiiiiiiii o teu blog!
Deliciosa a leitura... tu escreve muito bem, parabééns =)
Vou linkar ele no meu... \O/
ahh, dá uma passada por lá, que eu fiz um awards e tu ta concorrendo junto c/ alyson e denise, pra melhor twitter do ano =)

:**